James Franco ganha prêmio de melhor ator no Capri Hollywood

Nesta terça-feira foram anunciados os vencedores do The Capri, Hollywood – O Festival Internacional de Cinema da Itália.

James Franco foi nomeado melhor ator por sua incrível transformação em Tommy Wiseau para “Artista do Desastre” (The Disaster Artist). O filme também ganhou o prêmio de melhor roteiro adaptado para Scott Neustadter, Michael H. Weber, Greg Sestero e Tom Bissell, compartilhando a honra com James Ivory e Luca Guadagnino por “Me Chame Pelo Seu Nome”.

O filme “Corra!” (Get Out) foi escolhido o melhor filme de 2017 e Christopher Nolan foi homenageado com o prêmio de melhor diretor por “Dunkirk”.

O Capri, Hollywood Film Festival é considerado o último grande evento do ano para filmes que fazem campanha para o Oscar. Todos os anos, inúmeros participantes e homenageados ganham o Oscar.

Confira a lista completa aqui.

Fonte: deadline.com & hollywoodreporter.com



James Franco fala sobre encontrar o equilíbrio entre trabalho e vida

No programa Sunday Morning exibido ontem no canal americana CBS, James Franco falou sobre o filme The Disaster Artist, The Room e sobre ter encontrado o equilíbrio entre o trabalho e a vida.

James Franco ganhou elogios por um filme que ele dirigiu sobre um filme clássico que ganhou nada além de framboesas. “The Room” tornou-se o elemento da lenda de Hollywood, um filme de 2003 que é tão ruim que é quase… bom. É considerado um dos piores filmes de todos os tempos. E o diretor e estrela do filme, Tommy Wiseau, tornou-se um herói cult. Quatorze anos depois, seu filme ainda está nos cinemas em exibição da meia-noite no Landmark Regent Theatre, em Los Angeles.

“Há muitas coisas que eu gostaria de fazer além de assistir um filme ruim por duas horas. E, no entanto, você tem centenas de pessoas lá. Por que as pessoas estão acondicionadas para isso?” perguntou o entrevistador Tony Dokoupil.

“Bem, você verá”, James Franco respondeu. “É um evento!”

Wiseau e seu fracasso de crítica são agora o assunto de um novo filme que é um queridinho dos críticos, “The Disaster Artist”, dirigido e estrelado por Franco como Wiseau. Wiseau apresentou-o aos fãs do “The Room” – e Franco decidiu abordá-los no curioso sotaque de Wiseau. [“Todos fechem os olhos e vêem se você sabe quem está falando!”]

“Eu acho que Tommy é artista, você sabe, e eu gosto de contar história sobre artistas, grandes artistas”, disse Franco.

Franco também é um artista e é sério. Você pode vê-lo em “Homem-Aranha”, ou seu papel indicado ao Oscar, “127 Horas”. Mas ele também é escritor de ficção e poesia, e exibições artísticas ao longo de sua carreira de duas décadas. Hoje, Franco – agora com quase 40 anos – diz que está desacelerando… e colocando um novo foco em Franco. Duas semanas atrás, ele pegou uma nova prancha de surf e convidou Dokoupil para a sua viagem inaugural. Para o ouvir contar, o novo James Franco nada com um tipo diferente de tubarão de Hollywood. No seu primeiro dia de surf, um tubarão apareceu: “Um bebê bem branco”, ele riu. “Esta barbatana, como em ‘Tubarão’, apareceu.”

Não há platéia desta vez. Mas Franco mal escapou do primeiro passeio de Dokoupil do dia. Seu conselho não teve tanta sorte. “Nova prancha. Sessão virgem. Tony cortou!” Franco disse.

Você poderia dizer que o passeio selvagem de Franco começou como um adolescente inquieto no norte da Califórnia. “Quando eu tinha 17 anos, eu estava em liberdade condicional. Eu era uma ala da corte”, disse ele. Ele logo encontrou uma saída mais criativa para sua energia: a arte. “E eu precisava disso. Quando eu deixei de atuar e fui preso, joguei toda essa energia na arte”.

Na verdade, ele deixou a faculdade para prosseguir com a atuação. Os pais de Franco – especialmente seu pai – pensaram que seu filho estava sendo tolo.

Franco disse: “Se você quer ser um artista de qualquer tipo, as pessoas não vão implorar que você faça isso. Você precisa querer fazê-lo. Você deve colocar o trabalho. Você deve provar isso. Os pais não acreditavam em mim. Você sabe, é como se eu tivesse que fazer isso”.

A carreira de Franco decolou. “Do lado de fora, olhando isso, as pessoas estão pensando: ‘O cara tem tudo. Dinheiro. Sucesso'”, disse Dokoupil.

“Sim, mas…” Franco sorriu. “Parece que você tem um ‘mas’ vindo!”

“Mas, como você está se sentindo?”

“Eu estava neste ponto em que eu estava realmente deprimido. E, como você disse, de uma perspectiva externa, parecia: ‘Ei, eu tenho essa ótima carreira’. Mas eu estava deprimido.”

Em busca de alívio, Franco tornou-se um aluno novamente em 2007. E na moda típica de Franco, ele não obteve um diploma, ele obteve sete. E não esqueçamos que ele ainda estava atuando, dirigindo e ensinando em várias universidades.

“Em um ponto, eu estava fazendo uma peça da Broadway, Of Mice and Men, eu estava atuando em um filme e produzindo um filme durante o dia, e no meu dia de folga, às segundas-feiras, eu estava voltando para Los Angeles e ensinando em três escolas. E isso é insano. Isso é uma pessoa insana!”

Estes dias ele está tocando uma nova música, com seu grupo semanal de ukulele – outro desses hobbies que ele não costumava ter tempo. E quanto ao seu relacionamento com seu pai, que faleceu em 2011, ele também teve tempo de refletir sobre isso. “Foi muito difícil para ele expressar o quão orgulhoso ele era. Mas minha mãe me contou, como, ele seguiria minha carreira e ficaria realmente animado quando as coisas estavam indo bem”, disse ele.

“Talvez ele nem soubesse que ele não estava me dizendo tanto quanto ele poderia. Mas minha mãe disse que ele estava realmente muito feliz. E, por isso, tenho muita sorte de ter tido esses momentos antes dele morrer”.

Agora, James Franco está tendo um momento, com duas nomeações ao Globo de Ouro e, sim, talvez Oscar para “The Disaster Artist”. Mas ele está trazendo para ele uma nova perspectiva: “O trabalho duro, paga”, disse ele. “Mas o que eu não percebi é que você precisa de equilíbrio, e você não pode fazer sua felicidade contingente no trabalho, ou em qualquer coisa fora de você, na verdade, certo? Com o risco de parecer clichê, tem que ser uma coisa mais espiritual. Não aprendi isso até um ano atrás”.

Confira o vídeo completo:

Fonte.



Artista do Desastre – Trailer Oficial (legendado)

A Warner Bros. Pictures Brasil divulgou ontem o primeiro trailer oficial legendado do filme “Artista do Desastre” (The Disaster Artist). Confira:

O filme chega aos cinemas Brasileiros no dia 25 de Janeiro de 2018.



James Franco participa de paródia de filmes natalinos

James Franco e o elenco do Saturday Night Live juntaram-se para fazer uma paródia dos filmes natalinos do canal Hallmark e criaram um comercial falso anunciando os filmes.

Na promo de “Countdown to Christmas”, visualizações variadas para os próximos filmes de férias são mostradas, duas das quais apresentam Franco em papéis de protagonista como um ator canadense chamado Chris Bearstick.

No primeiro filme – chamado de ‘Yes, Santa’, Kate McKinnon é uma mulher que deixa o trabalho de sua cidade para dirigir a fazenda da árvore de natal da avó para depois se reconectar com o seu amor da escola (Franco). “A única captura: ele é um jovem papai noel”, diz o narrador (Cecily Strong). Apesar do personagem de McKinnon estar envolvida com outro, ela escolhe continuar seu relacionamento com o jovem Papai Noel. “Ele trabalha demais, então está certo se eu trair ele”, a atriz cômica diz de seu noivo.

O Bearstick de Franco então reaparece na prévia de outro filme do Hallmark, intitulado ‘Prince Santa’. “Nós conseguimos que ele estivesse em dois desses sem pagamento,” Strong brinca. O personagem de Franco pede a mão de sua princesa de patinação no gelo (Melissa Villasenor), revelando sua verdadeira identidade como príncipe e Papai Noel.

O comercial completo não está disponível para o Brasil.

Fonte.



Entrevista James Franco e Dave Franco – TIME (legendado)

James Franco e Dave Franco conversam sobre a infância, carreira e The Disaster Artist. Confira o vídeo legendado:

Para mais vídeos legendados, inscreva-se em nosso canal no youtube.



Trailer português de “The Disaster Artist”

Foi divulgado o segundo trailer legendado em português (de Portugal) de “Um Desastre de Artista” (The Disaster Artist). A estreia nas salas de cinema portuguesas está marcado para o dia 4 de janeiro de 2018.

Fonte: filmpt.com

No Brasil, o filme chega aos cinemas em 25 de janeiro.



James Franco é indicado ao SAG Awards!

O Screen Actors Guild Awards acaba de divulgar os indicados de 2018 e James Franco recebeu uma indicação na categoria de melhor ator por The Disaster Artist. Concorrem com ele: Timothee Chalamet (Call Me by Your Name), Daniel Kaluuya (Get Out), Gary Oldman (Darkest Hour) e Denzel Washington (Roman J. Israel, Esq.).

Essa é a quarta indicação de James ao SAG Awards. Em 2002 ele foi indicado como melhor por “James Dean”, em 2009 foi indicado por melhor elenco no filme “Milk” e em 2011 concorreu como melhor ator em “127 Horas”.

A cerimônia de premiação acontece em 21 de Janeiro de 2018.
Confira a lista completa dos indicados aqui!



(Atualizado) Vídeo: James Franco no programa de Conan

James Franco esteve no programa de Conan O’Brien promovendo The Disaster Artist. Confira um trecho (sem legenda):



James Franco quer levar Tommy Wiseau para o Globo de Ouro

James Franco e The Disaster Artist, seu aclamado novo filme sobre o clássico de Tommy Wiseau, The Room, tiveram uma manhã de segunda-feira importante. O filme teve duas indicações ao Globo de Ouro, incluindo melhor filme (musical ou comédia) e a melhor performance de um ator em um filme (musical ou comédia) para Franco.

Ele falou com The Times pouco depois do anúncio.

Você assistiu as indicações?

Estávamos esperando, então eu levantei esta manhã. Eu estou na praia. Então o sol estava nascendo enquanto assistíamos o Today show.

Já falou com Tommy Wiseau? Você o levará a cerimônia?

Não falei com Tommy. Ele é um cara particular. Mas falei com Greg (Sestero), que é quem me conta as coisas de Tommy. Ambos estamos muito animados.

Quero dizer, agora que estamos indicados como a melhor comédia, talvez possamos ter uma mesa. Então eu estou tentando conseguir esses caras lá. Esse é o sonho irônico mais completo do círculo se tornado realidade. O que é louco é quando a HFPA (Hollywood Foreign Press Association) viu The Disaster Artist, eles queriam uma conferência de imprensa com Tommy. Eles nem sequer dão conferências de imprensa de diretores e eles queriam uma com o Tommy. Foi a coisa mais insana.

Mas como muitas pessoas sabem, Tommy manteve seu filme nos cinemas por duas semanas para se qualificar para o Oscar, e o fato de que esse filme sobre sua vida está obtendo todo esse reconhecimento é simplesmente incrível. Eu vou incluí-lo na maior parte possível.

Diga o que quiser sobre o Globo de Ouro, mas deve ser um sentimento bom que eles reconhecem comédias.

É incrível que eles tenham essa categoria e estão nomeando algo que é uma comédia. Felizmente para nós, fizemos um filme que é uma comédia em um tempo que eu acho que muitas pessoas precisam de um pouco de leveza, mas também é apenas uma história de amor sem remorso, uma história de amigos sobre como seguir seus sonhos. Eu acho que isso também nos ajudou muito.

O que você acha que as pessoas estão respondendo? Ele apresenta Tommy e Greg como uma história inspiradora.

As respostas foram loucas. No fim de semana passado, recebi tantos textos, e estou impressionado. Eu nunca dirigi nada que tenha obtido esse tipo de resposta. É quase como se estivéssemos longe com tanto coração, porque está embaixo de uma história e um personagem insano e incomum. Mas, na verdade, no seu núcleo, é apenas uma inspiradora história de “perseguir sonhos” sobre dois amigos que não tinham mais ninguém além um do outro para depender. Isso é algo que sempre pensei como ator. Se eu estou interpretando um vilão ou um personagem maluco em uma comédia, eu sempre olho para o coração. E isso é o que este filme tem sem remorsos.

Sua colega Maggie Gyllenhaal foi nomeada por The Deuce, mas você não foi reconhecido por seus papéis duplos e o show não recebeu outras indicações. Como você se sente sobre isso?

Todo mundo conhece David Simon e George Pelecanos, são dois dos maiores criadores e escritores de televisão de todos os tempos, e seus shows historicamente foram complicados por prêmios por algum motivo. Acho que o show vai ser reconhecido por mais coisas. Eles obtiveram uma indicação ao WGA (Writers Guild of America), e Maggie é inegavelmente incrível no show. Eu acho que o fato de Maggie ter sido nomeada, me faz sentir realmente, realmente bem com isso. Ela simplesmente se desliza através da tela da TV, ou qualquer tela que você está assistindo. E o meu palpite são os escritores desse show, acho que eles terão mais algum reconhecimento.

Parabéns novamente. Mal posso esperar para ver o time de The Disaster Artist no tapete vermelho (7 de janeiro).

Nós precisamos trazer Tommy, eu acho. Agora que você colocou assim, é smokings e futebol todo o caminho no tapete vermelho.

Entrevista postada pelo site thestar.com no dia 12 de Dezembro de 2017.
Tradução pela equipe JFBR. Por favor, não reproduza sem os devidos créditos.



Academy Conversations: The Disaster Artist

James Franco, o escritor Scott Neustadter e Dave Franco conversaram sobre o filme The Disaster Artist no Academy Conversations que aconteceu no dia 2 de dezembro de 2017 no Samuel Goldwyn Theatre.



Vídeos: The Late Late Show with James Corden

James Franco e Dave Franco estiveram no programa James Corden. Confira os vídeos (sem legenda):



James Franco é indicado ao Globo de Ouro!

Foi divulgada hoje a lista dos indicados ao Globo de Ouro, que acontece no dia 7 de Janeiro de 2018 em Los Angeles.

James Franco foi indicado na categoria de melhor ator de filme comédia/musical por The Disaster Artist (Artista do Desastre), ao lado de Ansel Elgort (Em Ritmo de Fuga), Daniel Kaluuya (Corra!), Hugh Jackman (O Rei do Show) e Steve Carell (A Guerra dos Sexos).

O filme The Disaster Artist (Artista do Desastre) também foi indicado na categoria de melhor filme comédia/musical, ao lado de “Corra!”, “I, Tonya”, “Lady Bird: É Hora de Voar” e “O Rei do Show”.

A série The Deuce recebeu apenas uma indicação na categoria de melhor atriz de série dramática, para Maggie Gyllenhaal.

Confira a lista completa dos indicados clicando aqui!

Esta é a quarta indicação de James ao prêmio, que já concorreu com “127 Horas” (em 2011), “Segurando as Pontas” (em 2009) e recebeu o prêmio em 2002 por seu trabalho no filme feito para a TV, “James Dean”.







Acompanhe nossas redes sociais
Nosso Instagram
Parceiros

Alerta de TV
17 Junho
Homem-Aranha
Canal: HBO Family | Horário: 21:29
19 Junho
Milk - A Voz da Igualdade
Canal: TC Touch | Horário: 11:40
24 Junho
Planeta dos Macacos: A Origem
Canal: TC Action | Horário: 13:45
26 Junho
A Entrevista
Canal: Warner Channel | Horário: 23:20